Braga

Braga
Guimarães
26 de Junho, 2019
braga

Bracara Augusta

Braga

Braga é uma cidade portuguesa, capital da sub-região do Cávado e do Distrito de Braga, pertencendo à Região do Norte. Tem uma área urbana de 61,38 km2, 144.362 habitantes em 2021 e uma denisdade populacional de 2.352 habitantes por km2, sendo a quinta maior cidade do país. É sede do município de Braga, tendo uma extensão de 183,40 km2, 193.349 habitantes em 2021 e uma denisdade populacional de 1.054 habitantes por km2, subdividido em 37 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Amares, a leste pela Póvoa de Lanhoso, a sudeste por Guimarães, a sul por Vila Nova de Famalicão, a oeste pelo por Barcelos e a noroeste por Vila Verde. Braga possui uma história bimilenar que se iniciou na Roma Antiga, quando foi fundada em 16 a.C. como Bracara Augusta em homenagem ao imperador romano Augusto (r. 27 a.C.–14 d.C.). Braga possui um vasto património cultural, cujo ex-líbris é o Santuário do Bom Jesus do Monte, Património Mundial da UNESCO. Em 2012 foi distinguida como Capital Europeia da Juventude e em 2018 foi Cidade Europeia do Desporto. Desde 2017 pertence à rede de Cidades Criativas da UNESCO, na categoria Media Arts, e em 2021 foi eleita Melhor Destino Europeu do Ano, depois de ter ficado em 2º lugar em 2019.

Património imóvel No município de Braga existem 15 imóveis classificados como Monumentos Nacionais, 33 como Edifícios de interesse público e 20 em vias de classificação.

Arqueologia - Principais locais a visitar:

Domus de Santiago (Museu Pio XII) — Cividade

Fonte do Ídolo — São Lázaro

Ruínas romanas das Carvalheiras — Sé

Termas romanas de Maximinos — Alto da Cividade

Teatro romano do Alto da Cividade — Cividade

Balneário Pré-Romano de Bracara — Maximinos

Mosaico Romano no Museu de D. Diogo de Sousa — um dos mais antigos do Norte de Portugal

Insula nos terrenos do Museu de D. Diogo de Sousa

Insula romana sob edifício da Escola da Sé — Sé

Ruínas romanas inseridas no edifício da Bibliopólis

Ruínas Romanas do Edifício das "Frigideiras do Cantinho"

Troço de muralha do Baixo Império na base da Torre da Capela de Nossa Senhora da Glória

Mercado romano e basílica paleo-cristã — observáveis numa cripta, sob a capela da Sé Catedral

Tramo da muralha romana da Quinta do Fujacal

Edifício romano de Santo António das Travessas — Edifício Municipal

Via Romana XVII — com origem no limite leste da cidade e, atravessando o Barroso, passa em Acquae Flaviae (Chaves), de onde prossegue para Astorga — Em fase de classificação pelo IPPAR

Via Romana XVIII ou Via Nova (Geira) — localizada a nordeste da cidade, fazendo a ligação mais directa com Asturica Augusta (Astorga). Monumento nacional e em fase de preparação de candidatura a Património da Humanidade pela UNESCO

Via Romana XIX- unia as cidades de Braga, Ponte de Lima, Tude (Tui), Turoqua (Pontevedra), Aquis Celenis (Caldas de Reis), Iria, Martiae, Lucus Augusti (Lugo) e Asturica Augusta (Astorga).

Basílica de São Martinho de Dume datada do século VI

Ruínas de Palácio Suevo - Edifício da época das invasões dos povos bárbaros, localizado na Santa Marta das Cortiças
blank
gdpr-image
This website uses cookies to improve your experience. By using this website you agree to our Data Protection Policy.
Ler mais